Posted by : Aggie♥Anni Sunday, 15 June 2014

Olá a todos, como estão?
Hello everybody, how are you?

  Hoje publicaremos um artigo bastante interessante. Na nossa opinião, um dos melhores artigos sobre os ABBA. No fim de tudo o que está escrito, diversas questões apareceram e gostaríamos de ouvir as vossas opiniões, comentando este post.

  Today will publish an article a quite interesting. In our opinion, one of the best articles about ABBA. After all that is written, several issues will appear and we would like to hear your opinions, commenting on this post.

*Português*

  Enquanto ABBA está muito na moda ultimamente, um livro misterioso chegou ao nosso conhecimento, em que se afirma que os ABBA está em contato com extraterrestres e tem uma missão espiritual para cumprir na terra. Fez ou faz o grupo pop de maior sucesso desde The Beatles uma maior influência sobre a humanidade do que muitos poderiam ter pensado ser possível?

  No clube de fãs dos ABBA holandês, que ainda tem alguns milhares de membros, a espiritualidade é um item quente no momento. A ocasião é um livro de escritores alemães Gord Kaa e Sasa Merts: "ABBA, Die Besucher", que foi publicado em 1985, mas só recentemente atraiu a atenção de todos. No livro, os autores afirmam que o grupo está a ter ligações próximas com extraterrestres e estão a ter uma missão espiritual para cumprir na terra. Ainda é afirmado ser possível que os membros do grupo são os próprios aliens. Görd Kaa recebeu vários impulsos (outros chamam-lhes visões), em que ele foi contratado para escrever a peça. "Eles parecem ser canções de amor, mas essa é a parte mais complicada: Há uma mensagem escondida lá dentro." As letras foram analisadas e, entre outras coisas, há uma conversa de ABBA-religião, de ABBA-amor e de ABBA-estilo de vida.  
  Especialmente na Alemanha, esse movimento está a começar a ganhar cada vez mais adeptos, mas na Holanda as pessoas estão cada vez mais tomando a sério essas coisas também.


  Especialmente a cantora Anni-Frid Lyngstad dos ABBA, mais conhecida como Frida, parece ser o centro de imaginações quase infinitas. Além do fato de ela ainda cantar ocasionalmente, ela gasta o seu tempo como a porta-voz do movimento ambientalista sueco, e ela recentemente chocou a nação sueca por aparecer na televisão com um balde cheio de vermes, como um exemplo de reciclagem de lixo natural. Embora ABBA tenha parado as gravações já há algum tempo, diz-se que o seu "trabalho espiritual" continua nos seus projetos pessoais. Mas o livro alemão só leva até 1985 e já não está à venda. É por isso que as cópias da peça estão espalhadas entre os fãs. Ninguém nunca ouviu falar dos autores novamente e as tentativas dos fãs alemães para contatar com eles, não aconteceram. É por isso que um grupo de fãs de Berlim, sendo um deles Thomas Zimmerman (30 anos), atualizaram a peça a 1996. "O livro de letras dos ABBA é uma espécie de Bíblia para mim. Eu tive muitas discussões sobre isso com o meu pai católico. Ele acha que é uma blasfêmia para fazer tais comparações. E ele realmente perde quando eu digo-lhe que a palavra ABBA também está na Bíblia. Lá significa "pai". Mas, para mim, uma coisa não exclui necessariamente a outra. Eu inspirei-me na Bíblia cristã, mas ainda mais no livro de letras dos ABBA. Isso cobre tudo. Eles lidam sobre a vida cotidiana e fornecem ferramentas para se viver a vida de uma forma positiva: 'Algo bom em tudo o que vejo' (de I Have A Dream). E tudo a partir de um ponto de vista individual. É pura nova era. E o bom é que isso transcende em todas as religiões e visões do mundo, porque não há nenhuma condenação em qualquer uma das letras. E é tudo muito casual. Nas letras não existem nada mais do que o obrigatório que em 'Take A Chance On Me' e 'Voulez-Vous'. Todos são capazes de interpretar as letras no seu próprio caminho. "

  "Nas canções, as ferramentas estão a ser dadas para melhorar a tua própria situação. E, muitas vezes, eles elaboram sobre isso em canções seguintes, é claro que na forma de canções de amor como 'I Wonder'. Houve uma época em que eu tinha que tomar uma decisão radical na minha vida. Devo pegar esse novo trabalho e deixar tudo para trás, indo para o lado contrário da Alemanha? Ou não devo? Instintivamente, eu ouvi essa música. A resposta estava lá para ser encontrada: 'Ah, não, eu vou ser forte, uma chance numa vida, sim eu vou pegar, não pode dar errado. Eu não sou um covarde'. Não pode dar errado. ABBA dá poderes positivos. Decidi sair e não me arrependi nem por um momento. Já ouvi falar de outros fãs que têm experiências idênticas. Uma música como 'Move On' estão cheias de mensagens também. A vida é uma viagem através do tempo e do espaço. Nós somos ordenados a não ficar parado, porque o ritmo da vida é um ciclo. Anteriormente, já foi apontado em 'Waterloo': 'o livro de história na estante está sempre se repetindo'." 

  Mas o que é a parte extraterrestre encaixa em tudo isto? Thomas: "Em primeiro lugar, existem as visões que muitas pessoas tiveram. Também é perceptível nos ABBA. A sua aparência, os seus álbuns, as suas letras. Mas é tudo muito sutil. Em segundo lugar, quando você olha para certas fotografias de perto, especialmente da Frida, você não pode chegar a outra conclusão sem ser que o seu majestoso carisma deve vir do espaço. Mas as letras estão cheias de referências a forças cósmicas, extraterrestres. Como em 'I'm A Marionette'. Lá literalmente diz: 'Como se eu tivesse saído do espaço' "
  No livro, a música 'Eagle' é apontada como um exemplo distinto. As letras lidam com "eles" que vêm de longe, sabem as respostas para tudo, falam estranhamente, mas 'eu' (= ABBA) entendo. Segundo os autores, a importância da música 'The Visitors' torna-se clara, devido ao fato de que o livro também é intitulado 'Die Besucher'. No título do último álbum completo pelos ABBA, acredita-se no encontro real com extraterrestres a serem descritos. A canção fala com a emoção, mas também o medo que "eles" eles tinham com quem ia tocar a campainha. Há partes sobre "reuniões secretas". E "agora eles vieram me levar".

  Terá ABBA sido abduzido por OVNIs? Isso é o que os autores do livro estão se perguntando. ABBA deve estar bem preparado para a chegada dos extraterrestres, mas ainda continua a ter medo de finalmente obter as respostas para tantas perguntas. Isso faz com as vossas existências na Terra colapse: 'O meu mundo inteiro está caindo, enlouquecendo. Eu sinto que estou a ter um colapso'. De acordo com Zimmerman a canção seria uma trilha sonora ideal para o melhor filme de ficção científica. "Não apenas por causa da sua letra, mas a música em si é uma história diferente também. A voz de Frida soa extraterrestre nesta canção." O fato de que a voz de Frida foi tratada por um harmonizador eletrônico (amostrador) para esta canção, não convence Thomas o contrário. "Isso pode ser verdade, mas em tantos outros registros harmonizadores estão a ser usados, e não há um que realmente faz um som de voz como este. Assim, ou o harmonizador vem de um OVNI ou vem de Frida."

  De acordo com o livro, as referências subtis para o cosmos e para o espaço são ainda claros no registro da produtora sueca que apreciamos os frutos do sucesso dos ABBA: Polar Music. No início, ele era um globo e, mais tarde, no da segunda turnê mundial dos ABBA: três pirâmides, foram impressas no rótulo da produtora. "Especialmente a pirâmide é um símbolo da energia cósmica em muitos movimentos espirituais", diz o livro. "Além disso, a capa do álbum 'Voulez-Vous' usa uma pirâmide, com uma fotografia de Agnetha e Frida usando cintos futuristas enfeitadas com delicados corpos celestes, ou melhor, pequenas estrelas."


  Muitos fãs alemães do 'club ABBA OVNI' estão tendo sessões de meditação com canções dos ABBA e pretendem chegar a um certo estado de êxtase. "Nós apenas sentamos juntos, colocamos um pouco de canções dos ABBA e abrimos as nossas almas usando técnicas de yoga", diz Thomas. "Então, temos uma sensação maravilhosa. ABBA é de qualquer forma um aumento de humor, mas em tal sessão você realmente tem a sensação de que está a contactar os cosmos. É como se você chegasse a uma frequência maior. Você está numa dimensão diferente. Especialmente em músicas como ‘I’ve Been Waiting For You’, 'Move On', 'I Let The Speak Music' e 'The Visitors', são perfeitas para isso. Mas também o álbum a solo da Frida em sueca, lançado no ano passado, chamado 'Djupa Andetag', é completo de músicas para chegar a esse estado de êxtase. Especialmente 'Älska Mig Alltid', 'Även En Blomma' e o celestial 'Lugna Vatten' são muito edificante."

  Anita Nootenboom, presidente da clube de fãs dos ABBA holandês acha que é tudo um disparate. "Aquelas pessoas na Alemanha estão perdidas. E agora percebo que um grupo de fãs na Holanda também está a começar a ficar louco, eu estou a ficar preocupada. Quando eu vejo que as pessoas estão formando esses grupos de meditação ou a começar a praticar yoga nas nossas reuniões em abril, eu vou os expulsar. Eu não quero ter nada a ver com isso."

  Gerard Hesen (32 anos) de Venlo, fã dos ABBA desde do primeiro dia, tem as suas dúvidas também, mas é um pouco mais aberto. "O material extraterrestre é um passo muito grande para mim. Estou muito reservado para isso. Eu acho que o livro alemão é muito interessante. Eu li seis vezes. Mas principalmente para ver como eles analisaram totalmente essas letras. Eu não tenho problemas com as pessoas a meditar nas reuniões do clube de fãs. Isso realmente não me incomoda. Eu só não vou participar."

  De acordo com os autores do livro, os membros dos ABBA não são, possivelmente, mesmo cientes da sua missão. Mas qual foi a reação quando Agnetha e Frida foram confrontados com o livro? Frida fez uma piada sobre isso. "Eu não vos disse anteriormente que eu venho de Marte?", E ela não queria elaborar sobre isso. É notável que os autores não notaram que Frida gravou uma música a solo em 1975, chamada 'Liv På Mars "(Vida em Marte). Agnetha disse apenas duas palavras sobre o livro: "Que interessante!" Gerard Hesen diz que a reação das duas senhoras é muito sensível. "Elas deixaram no ar. Se elas dizem que na verdade têm uma missão e estão em contato com extraterrestres, as pessoas não as levaram a sério mais e elas serão ridicularizadas. Mas se tivessem firmemente negado e descartado o livro como puro disparate, o mito teria ido embora. E isso não faz nenhum favor aos seus enormes estrelatos."


  Ainda assim, recentemente Björn dos ABBA pensou que era a hora de revelar algo sobre a música "The Visitors". Durante anos, ele firmemente se recusou a dizer quem é que os visitantes eram. Insistindo não ajudava em nada. Mas quando as histórias de encontros extraterrestres chegou aos seus ouvidos, ele disse sobre a canção: "'The Visitors' lidam com dissidentes em ditaduras que são pegados pelo serviço secreto, como por exemplo, os dissidentes na União Soviética comunista." Mas os fãs alemães que acreditam que o livro extraterrestre acham que essa explicação é muito convulsiva e apressada demais para acreditar. Björn não queria falar sobre OVNIs também. Ele apenas disse: "Eu ouvi essas histórias, mas eu acho que é melhor não dizer nada sobre isso."

  Na Alemanha e além, a euforia atingiu o seu pico recentemente, quando os relatórios publicados em jornais que os ABBA voltaram a se reunir para gravar outro álbum. "O trabalho ainda não está terminado. Tem que haver outro álbum. Especialmente depois de todos esses projetos a solo, as forças têm de ser combinados de novo", Thomas pensa. "Que isso é possível, já foi comprovado, pois após o primeiro álbum a solo em inglês de Frida 'Something's Going On' e o single de Agnetha 'Never Again', ABBA voltou ao estúdio para gravarem as músicas 'The Day Before You Came' , 'Under Attack', 'Just Like That' e 'I Am The City'. Depois disso, tudo estava acabado. Mas agora ... no passar do tempo os membros separados todos desenvolveram enormemente. Se você combinar tudo isso, o resultado seria o álbum mais fantástico de sempre."

  A decepção não poderia ser maior quando a Mono Music em Stockholm respondeu que não se falava em uma reunião de todo. "Os relatórios dos meios de comunicação foram baseadas num mal-entendido. Para o futuro, a reunião não está descartada, mas definitivamente não existem planos concretos para isso. E é muito questionável se isso irá acontecer ", diz Görel Hanser, porta-voz da sede dos ABBA na Suécia. Os fãs encontraram esperança no fato de que o grupo nunca acabou oficialmente, devido a vários interesses empresariais. Para ajudar à matéria, os fãs na Alemanha começaram a meditar para liberar poderes cósmicos que irão juntar os ABBA novamente. Se irá ajudar ... o tempo o dirá.


Tradução & Adaptação: ABBA Best
Fonte: ABBA The Articles


*English*

  While ABBA is very much in the picture lately, a mysterious book has come to our attention, in which it is claimed that ABBA is in contact with extraterrestrials and has a spiritual mission to fulfil on earth. Did or does the most successful pop-group since The Beatles have a greater influence on mankind than many would have thought possible?

  At the Dutch ABBA-fanclub, that still has a few thousand members, spirituality is a hot item at the moment. The occasion is a book by German writers Görd Kaa and Sasa Merts: "ABBA, Die Besucher", that was published back in 1985, but only recently has grabbed everyone’s attention. In the book, the authors claim that the group is having close connections with extraterrestrials and is having a spiritual mission to fulfil on earth. It’s even claimed to be possible that the group-members are aliens themselves. Görd Kaa received several impulses (others call them visions) in which he was commissioned to write the piece. “They seem like love-songs, but that’s the tricky part: there is a hidden message in there.” The lyrics have been analysed and, among other things, there’s talk of the ABBA-religion, the ABBA-love and the ABBA-lifestyle. Especially in Germany, this movement is starting to gain more and more followers, but in Holland people are increasingly taking these things seriously as well.


  Especially ABBA-singer Anni-Frid Lyngstad, better known as Frida, seems to be the centre of almost endless imagination. Apart from the fact she still sings occasionally, she spends her time as the spokesperson of the Swedish environmental movement, and she recently shocked the Swedish nation by appearing on television with a bucket full of worms, as an example of natural garbage recycling. Although ABBA has stopped recording for some time now, it is said that their "spiritual work" continues in their personal projects. But the German book only leads up to 1985 and is not for sale anymore. That’s why copies of the piece are spread among fans. No one has ever heard of the authors again and attempts by German fans to contact them have not succeeded. That’s why a group of fans from Berlin, one of them being Thomas Zimmerman (30), have updated the piece themselves to 1996. “ABBA’s lyric-book is sort of a Bible to me. I’ve had many quarrels about that with my catholic father. He thinks it’s blasphemous to make such comparisons. And he really looses it when I tell him that the word ABBA is also in the Bible. In there it means ‘father’. But for me, one thing doesn’t necessarily exclude the other. I draw inspiration from the Christian Bible, but even more from ABBA’s lyric-book. It covers everything. They deal about everyday life and provide tools to encounter life in a positive way: ‘Something good in everything I see’ (from ‘I Have A Dream’). And all from an individual point of view. It’s pure new age. And the good thing is, that it transcends all religions and world-views, because there’s no condemnation in any of the lyrics. And it’s all very casual. In the lyrics it doesn’t get any more binding than in ‘Take A Chance On Me’ and ‘Voulez-Vous’. Everyone is able to interpret the lyrics in his or her own way.”

  “In the songs, tools are being given to improve your own situation. And often, they elaborate on that in subsequent songs, of course in the shape of love-songs like ‘I Wonder’. At one time I had to make a radical decision in my life. Would I take that new job and leave everything behind by moving to the other end of Germany? Or would I not? Instinctively, I listened to that song. The answer was there to be found: ‘Oh no, I’ll be strong, one chance in a lifetime, yes I will take it, it can’t go wrong. I’m not a coward’. It can’t go wrong. ABBA gives positive powers. I decided to leave and haven’t regretted it for a moment. I’ve heard of other fans having identical experiences. A song like ‘Move On’ is full of messages as well. Life is a trip through time and space. We are commanded not to stay put, because the rhythm of life is a cycle. Earlier on, it was already pointed out in ‘Waterloo’: ‘the history book on the shelf is always repeating itself’.”

  But what is the extraterrestrial part in all this? Thomas: “First of all, there are the visions many people have had. It’s also perceivable in ABBA themselves. Their appearance, their album-covers, their lyrics. But it’s all very subtle. Secondly, when you look at certain photographs closely, especially Frida, you can’t reach any other conclusion than that her majestic charisma must come from outer space. But the lyrics are full of references to extraterrestrial, cosmic forces. Like in ‘I’m A Marionette’. It literally says: ‘As if I had come out of space’.”
  In the book, the song ‘Eagle’ is named as a distinct example. The lyrics deal with ‘they’ who come from far away, know the answers to everything, speak strangely, but ‘I’ (= ABBA) understand. According to the authors, the importance of the song ‘The Visitors’ becomes clear due to the fact that the book is also titled ‘Die Besucher’. In the title-track of ABBA’s last complete album, the actual meeting with extraterrestrials is believed to be described. The song deals with the excitement, but also the fear of ‘them’ who ring the doorbell. There are parts about ‘secret meetings’. And ‘now they’ve come to take me’.

  Has ABBA been abducted by UFO’s? That’s what the authors of the book are wondering about. ABBA should be well-prepared to the arrival of the extraterrestrials, but still be afraid to finally get the answers to so many questions. It makes your earthly existence collapse: ‘My whole world is falling, going crazy. I feel I’m cracking up’. According to Zimmerman the song would be an ideal soundtrack to the better science-fiction movie. “Not just because of its lyrics, but the music itself is a different story as well. Frida’s voice sounds extraterrestrial in this song.” The fact that Frida’s voice has been treated by an electronic harmonizer (sampler) for this song, doesn’t convince Thomas otherwise. “That may be true, but on so many other records harmonizers are being used, and that really doesn’t make a voice sound like this. So either the harmonizer comes from an UFO, or Frida herself.”

  According to the book, the subtle references to the cosmos and space are even clear in the Swedish record-label that enjoyed the fruits of ABBA’s success: Polar Music. At first, it was a globe and later on, the stage setting of ABBA’s second world-tour: three pyramids, were printed on the label. “Especially the pyramid is a symbol of cosmic energy in many spiritual movements,” the book says. “Also, the ‘Voulez-Vous’ album cover uses a pyramid, with a photograph of Agnetha and Frida wearing futuristic belts adorned with delicate heavenly bodies, or rather little stars.”


  Many fans of the German ‘ABBA-UFO club’ are having meditation-sessions with ABBA-music and claim to reach a certain state of ecstasy. “We just sit together, put on some ABBA-music and open up our souls using yoga-techniques,” says Thomas. “Then we get a marvellous feeling. ABBA is mood-enhancing anyway, but in such a session you really get the feeling you’re contacting the cosmos. It’s like you reach a higher frequency. You’re in a different dimension. Especially songs like ‘I’ve Been Waiting For You’, ‘Move On’, ‘I Let The Music Speak’ and ‘The Visitors’ are perfect for this. But also Frida's Swedish-language solo album, released last year, called ‘Djupa Andetag’ is full of music to reach that state of ecstasy. Especially ‘Älska Mig Alltid’, ‘Även En Blomma’ and the heavenly ‘Lugna Vatten’ are very elevating.”

  Anita Nootenboom, president of the Dutch ABBA-fanclub thinks it’s all nonsense. “Those people in Germany have really lost it. And now I notice that a group of fans in Holland is also starting to go crazy, I’m getting worried. When I see that people are forming these meditation-groups or starting to practise yoga at our coming fanclub-day in April, I will throw them out. I don’t want anything to do with that.”

  Gerard Hesen (32) from Venlo, ABBA-fan since day one, has his doubts too, but is a bit more open-minded. “The extraterrestrial stuff is a step too far for me. I’m too reserved for that. I do think that German book is very interesting. I’ve read it six times. But primarily to see how they fully analysed those lyrics. I don’t have a problem with people meditating at the fanclub-day. It really doesn’t bother me. I’m just not going to join in.”

  According to the authors of the book, the ABBA-members are possibly not even aware of their mission. But what was the reaction when Agnetha and Frida were confronted with the book? Frida made a joke about it. “Didn’t I tell you earlier that I come from Mars?” and she didn’t want to elaborate on that. It’s remarkable that the authors haven’t noticed that Frida has recorded a solo song in 1975 called ‘Liv På Mars’ (Life On Mars). Agnetha only said two words about the book: “How interesting!” Gerard Hesen says the reaction of the two ladies is very sensible. “They leave it up in the air. If they say they indeed have a mission and are in contact with extraterrestrials, people won’t take them seriously anymore and they will be ridiculed. But if they had firmly denied it and discarded the book as pure nonsense, the myth would have been gone. And that doesn’t do their enormous star-standing any favors.”


  Still, recently ABBA’s Björn thought it was time to reveal something about the song "The Visitors". For years he firmly refused to say who those visitors were. Insisting wouldn’t help at all. But when the stories of extraterrestrial meetings reached his ears, he said about that song: “'The Visitors’ deals with dissidents in dictatorships who get caught by the secret service, like for example the dissidents in the communistic Soviet Union.” But the German fans who believe the extraterrestrial book think this explanation is too convulsive and hasty too believe. Björn didn’t want to talk about UFO’s either. He just said: “I’ve heard those stories, but I think it’s best not to say anything about it at all.”

  In Germany and beyond, the euphoria reached its peak recently when reports appeared in newspapers that ABBA would reconvene to record another album. “Their work is not finished yet. There has to be another album. Especially after all those solo projects, the forces have to be combined again,” Thomas thinks. “That this is possible, has been proven already, because after Frida’s first English-language solo album ‘Something’s Going On’ and Agnetha’s single ‘Never Again’, ABBA went back into the studio to record the songs ‘The Day Before You Came’, ‘Under Attack’, ‘Just Like That’ and ‘I Am The City’. After that, it was over. But now... in the passing of time the separate members all have developed tremendously. If you combine that, the outcome would be the most fantastic album ever.”

  The disappointment couldn’t be bigger when Mono Music in Stockholm replied that there wasn’t talk of a reunion at all. “The reports in the media were based on a misunderstanding. For the future, a reunion isn’t ruled out, but there definitely aren’t concrete plans for it. And it’s very questionable if it will ever happen,” says Görel Hanser, spokesperson of the ABBA-headquarters in Sweden. The fans find hope in the fact that the group never officially broke up, due to several business interests. To help matters, the fans in Germany have started meditating to release cosmic powers that will get ABBA back together again. If it will help... time will tell.

Font: ABBA The Articles



36th Post | 36ª Publicação

Leave a Reply

Welcome!

-If you want to translate to your language, check the right sidebar!

-Thanks for following the blog and for your comment!


Kiss.

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- All Rights Reserved ® Polar Music International AB - ABBA Logo (Inverted B) ® Universal Music AB | Unofficial Blog | Copyright © ABBA Best - Hatsune Miku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -